Sejam Bem-vindos Ao Meu Blogue!

Escrever é muito mais do que uma mera paixão, é uma parte de mim!
Na poesia, os pensamentos, as ideias e as emoções ganham vida própria, deixam de ser uma parte do autor e rompem a fronteira do "eu" , abraçando, assim, outras realidades, outras vidas.
Nélson J. Ponte Rodrigues

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

A Verdadeira Felicidade É Eterna!

A felicidade não se mede pela abundância, mas sim pela intensidade! Os verdadeiros momentos de felicidade são todos aqueles que, ainda hoje, rasgam um sorriso nos nossos lábios! A aparente ou súbita felicidade pode, por vezes, ser efémera, pois, na verdade, é mera ilusão. A felicidade que nunca perde o seu brilho, cor e permanece imutável ao longo dos anos… Essa é a verdadeira felicidade!

Existem, assim, momentos de pura e profunda felicidade. E momentos de ilusão descortinados pelo tempo. Se a felicidade dependesse somente de nós, seríamos muito mais felizes sem dores ou dissabores.
Quando o teu céu estiver encoberto, pensa nas estrelas que já conquistaste e no sol do amanhã. Acreditar é viver! Sonhar é ser feliz!
Concretizar tudo aquilo que depende maioritariamente de nós são momentos de eterna felicidade que jamais esqueceremos ou duvidaremos da sua veracidade.
Os momentos de felicidade proporcionam sorrisos, risos, lágrimas de alegria ou saudade e uma doce nostalgia. Continuam intensos e imaculados como naquele primeiro instante. Logo, a verdadeira felicidade é eterna!

Sê feliz, abdicando de qualquer forma de dependência. Não entregues a chave da tua felicidade a ninguém! Nunca desistas de ti! Enche o teu mundo e os seus habitantes de amor e carinho. Todavia, tem cuidado! Muitos deambulam na tua vida, poucos residem dentro desta. É muito importante relembrar! A vida está repleta de coisas e pessoas efémeras. Nada é eterno, principalmente, sem zelo e amor.
Não te percas nas miragens, negligenciado aqueles que sempre estiveram do teu lado.

As tempestades afastam a areia, mas não demovem os rochedos. Após uma severa tempestade, facilmente, identificarás os rochedos da tua vida. A areia desaparece, voa para outros lugares. Por outro lado, os rochedos permanecem perto de ti. Logo, temos de estar atentos! Devemos dar pouca relevância à areia e toda a nossa atenção aos rochedos!

O tempo é o maior aliado da verdade. Este conhecê-la bem! São nos momentos de maior rivalidade, angústia e desespero que os maiores e mais profundos rochedos, verdadeiramente, emergem. Por vezes, não vemos os rochedos e só conseguimos contemplar a areia que é tão suave e dourada. Um erro crasso! A areia, certamente, voará, os rochedos não! Os verdadeiros amigos e a pessoa que amamos são rochedos que poderão ruir, se nós não tivermos cuidado. A fogueira só dará luz e calor enquanto tiver lenha. Nada arde, nada dura!

Se conseguires colorir ou iluminar a vida daqueles que amas, daqueles que deram provas irrefutáveis do seu amor, então serás muito mais feliz. Acredita!

A felicidade em conjunto, partilhada, é o expoente máximo da felicidade! Contudo, nunca dês aquilo que raramente ou nunca recebas. A ingratidão deve morrer sozinha! Deves respeitar-te sempre! Sê bom, mas não sejas ingénuo nem tolo. Muitas pessoas usam e abusam da tua gentileza ou boa vontade.

Viver é fácil! Saber viver é muito mais difícil!

Afinal, o que é a verdadeira felicidade? Quem sabe partilhar é, verdadeiramente, feliz! Partilhar é viver! Partilhar o melhor de nós traz felicidade a quem dá e a quem recebe!

Nélson José Ponte Rodrigues
05-06-2013
Revisto – 16-08-2014



Sem comentários:

Enviar um comentário