Sejam Bem-vindos Ao Meu Blogue!

Escrever é muito mais do que uma mera paixão, é uma parte de mim!
Na poesia, os pensamentos, as ideias e as emoções ganham vida própria, deixam de ser uma parte do autor e rompem a fronteira do "eu" , abraçando, assim, outras realidades, outras vidas.
Nélson J. Ponte Rodrigues

domingo, 6 de março de 2016

(Im)Perfeito

Nada é perfeito ou totalmente simétrico.
O fascínio e o declínio caminham perigosamente juntos.
Fugir não soluciona, simplesmente apazigua
A inevitável dor proveniente da impiedosa verdade.
Quem aprende a ver,
Aprende a sofrer,
Pois sofrer é viver
E viver é crescer.
A maioria vive na ilusão,
Numa fila sem mim,
Arrastando corpos que
Vivem da saudade, da ausência.
Que pura demência!
A vaidade faz parte da normalidade.
É um lugar comum
Numa outra rua repleta de olhares vazios.
A diferença, por outro lado, requer originalidade,
Coragem e ímpeto.
Não é difícil ser normal!
Sempre acreditei no verdadeiro amor.
Simplesmente não sabia
Que esse grande amor estava dentro de mim,
Tão perto...
Aquele amor tão perfeito
Entre um homem e uma mulher
É, na verdade,
Uma rosa sem espinhos,
Um mar sem ondas,
Um dia sem noite...
Ciente da lógica que existe em tudo, dos trajetos, dos passos
Que moldam a nossa existência e traçam o nosso perfil,
Rasguei as antigas suposições, perdendo a mais pura ingenuidade. 
Mais tarde, aprendi a ouvir os silêncios, a observar sem ser visto,
A ignorar palavras gulosas e discursos encenados.
Sim, temo a falsa e irreal perfeição!
Ver a realidade, por vezes, é assustador.
Por outro lado, só assim podemos viver verdadeiramente.
A vida tem dias de inverno e de verão.
Assim, é o amor, e não a paixão.
Nélson José Ponte Rodrigues
03-03-2016



Sem comentários:

Enviar um comentário